Arquivo da tag: alimentação

Ovo de páscoa? SIM!!!!

Padrão

Imagem

Este ovo existe, é saudável e zero açúcar, zero lactose e zero glúten

Quem disse que quem leva uma vida saudável não pode se dar ao prazer de saborear certos mimos?

Ainda bem que a gastronomia para pessoas que optam por uma vida saudável, sem gordura, lactose, açúcar, gordura e afins tem crescido. A gente inventa e reinventa. SEMPRE! Para sobreviver e sobreviver bem, vamos à cozinha e pomos nossa sensibilidade em prática. Trocamos ingredientes, testamos aqui, testamos ali e vamos aprimorando diariamente.

Talvez você seja uma pessoa como eu, não come doce, fritura, gordura e afins. O que fazer na páscoa? Celebraremos a data sem um de seus principais símbolos, o ovo de páscoa?

CLARO QUE NÃO.

Quero socializar com vocês duas ótimas opções de chocolates saborosos, mas beeeeeem diferente dos vendidos nas prateleiras dos supermercados. Tratam-se de receitas caseiras, PORÉM SABOROSAS. Não precisamos nos preocupar com as informações nutricionais. São saudabilíssimos. Zero açúcar, zero lactose e zero glúten. Vamos ser felizes? Ainda dá tempo de encomendar o seu. Seguem os link e se deliciem com esses ovos fitness que enchem nossos olhos e nossa vontade de um bom chocolate: Chocofitness e Saborfit

Porque é aqui, compartilhamos vida saudável.

Fico por aqui. E que não nos sobre gorduras localizadas, NUNCA!

Anúncios

Diga não aos “sucos” de caixinha!

Padrão
Parece saudável. Parece...

Parece saudável. Parece…

 

Prático, rápido, refrescante e “saboroso”. Talvez sejam esses os adjetivos que as pessoas usam ao se referir aos sucos de caixinhas, chamado também néctar de fruta.

Não vou mentir, já consumi muito esses sucos, principalmente os lights. Mas, da mesma forma que tenho minhas reservas às polpas de frutas, refleti sobre esses suquinhos e os excluí da minha lista de mercado.

Se estou sendo radical? Vamos lá.

Um teste realizado pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) mostra que nem todo néctar de fruta de caixinha vendido nos supermercados possui a quantidade de polpa ou suco exigida por lei.

O instituto analisou 31 amostras de néctares de sete marcas: Activia, Camp, Dafruta, Dell Vale, Fruthos, Maguary e Sufresh, em diferentes sabores, para verificar se os produtos cumprem os principais requisitos exigidos pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Todas as amostras foram aprovadas na maioria dos quesitos técnicos, como acidez total. Porém, no que diz respeito à quantidade de fruta, 10 produtos (ou 32% das amostras) foram reprovados em relação ao teor de polpa ou suco de fruta exigido pela legislação. Segundo a norma atualmente em vigor, o percentual mínimo de fruta varia de 20% a 40%, dependendo do sabor do néctar.

Para ser chamada de “suco”, a bebida deve ser composta praticamente só de fruta (e de água, em alguns casos) e não pode conter substâncias “estranhas”; já o néctar, além de apresentar só uma parcela de fruta, ainda contém açúcar e aditivos químicos, como corantes e antioxidantes.

O instituto também chama atenção para a grande quantidade de açúcar presente nessas bebidas.

No caso de açúcar, a presença de até 5 g/100 g é avaliado como verde (baixo teor); entre 5,1 e 12,4 g/100 é amarelo (médio teor) e 12,5 g/ 100 g é vermelho (alto teor).

O teste identificou a quantidade de “açúcares totais”, o que inclui o açúcar da própria fruta e o adicionado pelo fabricante. Todas as bebidas avaliadas apresentam concentração média ou alta de açúcar, de acordo com os critérios do semáforo nutricional.

Como o consumo excessivo de bebidas industrializadas açucaradas é um dos fatores responsáveis pelo aumento de casos de obesidade e de outras doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, não seria melhor optar pela boa e velha fruta?

É bom estarmos atentos ao lobo em pele de cordeiro que sempre nos aparece. A indústria quer sempre vender e vender e, às vezes, sempre acabamos nos iludindo e as consequências no futuro podem ser piores.

Lembre-se, amanhã você será consequência de suas escolhas hoje. Optemos pelo que, de fato, nos edifica e não o contrário. Voltemos a olhar para o natural com bons olhos, por uma saúde e vida melhores. Na correria do dia a dia, tenha sempre uma fruta na bolsa e hidrate-se com água ou suco NATURAL, DA FRUTA!

 

Até mais e que não nos reste gordura localizadas.

 

*Pesquisa retirada do UOL SAÚDE

 

Abacate com cacau: um milagre gastronômico aos chocólatras

Padrão

Todos “vibra” com essa dica #uebaaaaaaaaaa

Para tudo! Se você é chocólatra como eu e na sua dieta o vilão se chama  CHOCOLATE, seus problemas acabam aqui e agora. Ao menos as minhas dores de cabeça, pela tentação de detonar uma barra de chocolate, acabaram.

Na minha última ida à nutricionista, ela sugeriu meio abacate por dia no desjejum. Pensei: como vou fazer? Como eu adoro vitamina de abacate, perguntei se poderia acrescentar leite desnatado e fazer uma vitamina. Ela disse que sim e que, de fato, seria ótimo.

Saí de lá pensativo e como já tinha conhecimento dos benefícios do cacau (comento abaixo e detalho em outro post. vamos por partes), uni o útil ao agradável na tentativa de coibir meu desejo pelo bendito chocolate.

Primeiro dia, corto meio abacate, com 100ml de leite desnatado, 1 colher de sopa de cacau em pó e 20 gotas de adoçante de Sucralose. Bate tudo no liquidificador. É meio difícil pra bater porque é pouco leite e a lógica é que fique consistente, não líquido.

Gente, se torna um mousse. Fica tão cremoso, mas tão cremoso, que viciei. E detalhe, funcionou. Não tenho mais sofrido tentação de comer chocolate, pois a matéria prima do chocolate é o cacau e o problema do chocolate são as gorduras e açúcar que o cacau puro não tem. Olha, façam na sua casa e me digam. É uma ótima opção de desjejum. Fica divino e vamos aos benefícios do Abacate e Cacau?

Abacate:

O abacate contém de  3-4 gramas de proteína e 8-10 gramas de fibra.Assim, torna-se um excelente suplemento para a perda de peso e ajuda a suprimir a fome e fornecer nutrientes de qualidade para o corpo. Formada basicamente de ácido oleico (a mesma substância anti-inflamatória do azeite de oliva), a gordura do abacate reduz o risco de síndrome metabólica – desordem no metabolismo capaz de desencadear diabetes e ganho de peso. Além de magnésio, de cálcio e de potássio, o abacate possui mais de 15  sais minerais e vitaminas que ajudam a combater a deterioração da pele / rugas, doenças do coração e câncer. Isso faz com que o abacate seja um alimento excelente apoio para aqueles que procuram aumento de energia, uma aparência jovem, ou um estilo de vida saudável.

Outro componente da fruta que favorece o emagrecimento é a glutationa. “Essa substância, presente naturalmente no organismo, é reforçada pelo o abacate. Resultado: maior controle nos níveis de cortisol, o hormônio do stress que, em excesso no organismo, dificulta a perda de peso”, explica Daniela Jobst, nutricionista da Nutrijobst, em São Paulo. Pior: faz você acumular gordura especialmente na barriga. A glutationa ainda tem ação detox – ou seja, contribui com o fígado na eliminação das toxinas.

Cacau:

O cacau é uma das maiores fontes de polifenóis -substancias antioxidantes (flavonóides) que desempenham um papel importante na prevenção do câncer e na inibição de processos inflamatórios no organismo.  O cacau possui vitaminas A, B, C, D e os minerais potássio, ferro e flúor, contendo ainda uma quantidade considerável de ácido oléico (gordura monoinsaturada), o mesmo encontrado no azeite de oliva. As gorduras monoinsaturadas são “gorduras do bem” protegendo as artérias, elevando o bom colesterol (HDL) e diminuindo o colesterol ruim (LDL) impedindo assim o acúmulo de gordura nas paredes dos vasos sanguíneos e reduzindo o risco de doenças cardiovasculares, como aterosclerose e hipertensão, promovendo a saúde do coração.

O cacau eleva os níveis de serotonina e endorfina, conhecidos também como os hormônios da paixão, provocando uma sensação relaxante e de bem-estar.

Seu consumo reforça o sistema imunológico e melhora a agilidade mental, aumenta a capacidade de aprendizado e ajuda a manter o fluxo de energia, o que se mostra muito benéfico durante a infância.

O cacau em pó possui ainda diversas vitaminas e minerais como cálcio, fósforo, ferro, potássio, sódio, vitamina C e vitamina E, além de uma alta concentração de fibra dietética, cerca de 30%. Também contém proteínas e seu valor calórico é definitivamente muito mais baixo em relação ao chocolate.

O cacau facilita a produção de energia muscular já que os flavonóides encontrados no cacau aumentam a produção de mitocôndrias dentro dos músculos. Uma das funções básicas da mitocôndria é a produção de energia muscular.

O cacau in natura também é rico em anandamina, sendo o único alimento em que essa substância foi encontrada. A anandamina é uma endorfina  natural que o corpo produz após atividades físicas, também conhecida como “felicidade química”.

Além disso, o cacau é rico também em triptofano que contribui para a produção da serotonina, o hormônio anti-stress.

E aí, crianças, se convenceram? Vão adotar essa receitinha fácil, barata, deliciosa e super nutritiva? Eu não abro mão por nada. Consumo diário.

Fico por aqui e não esqueça: que não nos reste gordura localizada. FUI…