Arquivo mensal: fevereiro 2014

Diga não aos “sucos” de caixinha!

Padrão
Parece saudável. Parece...

Parece saudável. Parece…

 

Prático, rápido, refrescante e “saboroso”. Talvez sejam esses os adjetivos que as pessoas usam ao se referir aos sucos de caixinhas, chamado também néctar de fruta.

Não vou mentir, já consumi muito esses sucos, principalmente os lights. Mas, da mesma forma que tenho minhas reservas às polpas de frutas, refleti sobre esses suquinhos e os excluí da minha lista de mercado.

Se estou sendo radical? Vamos lá.

Um teste realizado pelo Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) mostra que nem todo néctar de fruta de caixinha vendido nos supermercados possui a quantidade de polpa ou suco exigida por lei.

O instituto analisou 31 amostras de néctares de sete marcas: Activia, Camp, Dafruta, Dell Vale, Fruthos, Maguary e Sufresh, em diferentes sabores, para verificar se os produtos cumprem os principais requisitos exigidos pelo Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).

Todas as amostras foram aprovadas na maioria dos quesitos técnicos, como acidez total. Porém, no que diz respeito à quantidade de fruta, 10 produtos (ou 32% das amostras) foram reprovados em relação ao teor de polpa ou suco de fruta exigido pela legislação. Segundo a norma atualmente em vigor, o percentual mínimo de fruta varia de 20% a 40%, dependendo do sabor do néctar.

Para ser chamada de “suco”, a bebida deve ser composta praticamente só de fruta (e de água, em alguns casos) e não pode conter substâncias “estranhas”; já o néctar, além de apresentar só uma parcela de fruta, ainda contém açúcar e aditivos químicos, como corantes e antioxidantes.

O instituto também chama atenção para a grande quantidade de açúcar presente nessas bebidas.

No caso de açúcar, a presença de até 5 g/100 g é avaliado como verde (baixo teor); entre 5,1 e 12,4 g/100 é amarelo (médio teor) e 12,5 g/ 100 g é vermelho (alto teor).

O teste identificou a quantidade de “açúcares totais”, o que inclui o açúcar da própria fruta e o adicionado pelo fabricante. Todas as bebidas avaliadas apresentam concentração média ou alta de açúcar, de acordo com os critérios do semáforo nutricional.

Como o consumo excessivo de bebidas industrializadas açucaradas é um dos fatores responsáveis pelo aumento de casos de obesidade e de outras doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, não seria melhor optar pela boa e velha fruta?

É bom estarmos atentos ao lobo em pele de cordeiro que sempre nos aparece. A indústria quer sempre vender e vender e, às vezes, sempre acabamos nos iludindo e as consequências no futuro podem ser piores.

Lembre-se, amanhã você será consequência de suas escolhas hoje. Optemos pelo que, de fato, nos edifica e não o contrário. Voltemos a olhar para o natural com bons olhos, por uma saúde e vida melhores. Na correria do dia a dia, tenha sempre uma fruta na bolsa e hidrate-se com água ou suco NATURAL, DA FRUTA!

 

Até mais e que não nos reste gordura localizadas.

 

*Pesquisa retirada do UOL SAÚDE

 

Anúncios

O que não pode faltar na minha geladeira?

Padrão
Cuidado com as armadilhas!

Cuidado com as armadilhas!

Manter uma dieta equilibrada, para muitos, é um grande desafio. De fato, uma série de fatores influencia a manutenção de nossa escolha em manter um hábito de vida saudável.

Em alguns casos, os amigos são uma armadilha à sabotagem da dieta ou aquela fome incontrolável à noite. Quem nunca passou por isso e se viu tentado a burlar a dieta?

Sabe criança quando vai fazer alguma coisa que não deve e olha de um lado para outro, maquina seu plano maquiavélico e cede a tentação? Então… perigo!

Ai, Jesus, e agora?

Ai, Jesus, e agora?

Se você passa por essa situação, acostume seus olhos a verem apenas boas opções na sua casa. Incremente sua despensa com itens que vão fazer seu organismo entender que não adianta te fazer lembrar que há um pedaço de doce na geladeira e que você deve comê-lo para acabar logo.

Sim, o trabalho é bem mais psicológico. Se na sua geladeira não tem pudim, bolo e coisas que, normalmente, te feriam sabotar a dieta, por que você teria a chamada tentação? Por isso, comece tirando da sua geladeira/despensa aquelas comidas que podem por sua dieta a perder e te deixar mal por isso. Sem refrigerante, doces, leite condensado, chocolate, frituras, congelados… NADA. Lembre-se: acostume seu cérebro a ver apenas comidas saudáveis e bye, bye tentação. Na minha casa você sempre encontra isso:

Armário:

– Arroz integral
– Macarrão integral
-Pipoca zero
-Pão integral
-Torrada integral
– Gelatina zero
-Semente de chia
-Canela em pó
-Especiarias diversas
-Farelo de aveia
-Farinha integral
-Sucralose liquida e culinária
-Fermento em pó
-Farinha de linhaça
-Uva passa
-Oleoginosas (castanhas, avelã, amêndoa e nozes)
-Cacau em pó
-Óleo de coco
-Azeite extravirgem
-Mel

Geladeira:

-Danone grego zero
– Creme de avelão diet
-Frutas e legumes variadíssimas
-Musse de abacate zero gordura e zero açúcar
-Peito de peru
– Ovo
-Peito de frango
-Chá gelado feel good
-Leite desnatado
-Queijo cottage
-Maionese zero colesterol
-Peixe

Ou seja, sem tentação. Sem sabotar dieta e um cérebro altamente treinado. Isso, meu povo, faz com que evitemos as famosas tentações. Afinal, você não terá nada em casa que te fará sabotar a dieta, certos? Acordados?

Até breve e que não nos restem gorduras localizadas!