Acrescente os benefícios do Colágeno na sua dieta

Padrão

Pele, corpo, unha, cabelo e quilinhos a menos: VIVA!

Sabe aquele dia que você está com uma vontade incontrolável por doce? Ou quem sabe, você quer manter a pele firme, reduzir a perda de massa magra, quer emagrecer e saciar a fome? Pois bem, não é fácil, confesso, manter uma dieta equilibrada e fugir das tentações. Mas o colágeno a o grande milagre gastronômico.

Vou confessar que iria falar aqui sobre os benefícios da gelatina, grande indicada por muitos nutricionistas, inclusive a minha. De fato, a gelatina tem colágeno, mas numa quantidade mínima. De acordo com estudos que li, esses benefícios do colágeno a gelatina normal não oferece, além de ter corante e etc.

#Chatiado. Foi assim que fiquei. Mas descobri que existe no mercado o Colágeno Hidrolisado. É um pó também, mas contem a quantidade de colágeno necessário para os benefícios que mencionei acima. Basta misturar uma colher na á e tomar. Ou você pode fazer a gelatina também.

Por isso, não comprarei mais gelatina de caixinha e investirei no colágeno hidrolisado.

Obtido através dos ossos e da cartilagem de bovinos, o colágeno, para ser rapidamente absorvido pelo organismo, passa por um processo de quebra de moléculas de proteína, a hidrólise. Por isso é chamado de “colágeno hidrolisado”.

Uma das principais funções do colágeno, uma proteína, é compor estruturas com o poder de sustentar a pele, auxiliando também na constituição de músculos para as pessoas que se exercitam.

A ingestão do colágeno hidrolisado trás inúmeros benefícios, tais como: elasticidade à pele e aos músculos, efeito regenerativo em ossos e articulações, ameniza o envelhecimento e previne rugas, previne a celulite e estrias e ajuda no funcionamento do sistema linfático. Sua falta no organismo causa diminuição da espessura dos fios capilares, flacidez, surgimento de rugas e estrias, enfraquece ossos e articulações. E no desenvolvimento muscular.

“No fim, esta gelatina (a de caixinha) acaba sendo uma mistura de corantes artificiais, conservantes, açúcar, adoçante e a proteína em quantidades muito baixas, apenas para gelificar. Numa avaliação feita pela Pro Teste anos atrás, produtos de 120 gramas tinham entre 0,76 a 2 gramas de colágeno, apenas”, diz Andréa Frias, PhD em Nutrição pela Universidade de São Paulo. “Nutricionalmente, não se ganha nada; para se ter algum benefício é preciso consumir entre 8 a 10 gramas de colágeno por dia”.

O ideal, segundo ela, é consumir outra forma de colágeno, o hidrolisado. Trata-se de uma mistura de polipeptídeos (macromoléculas constituídas por uma cadeia linear e específica de aminoácidos) obtida pela indústria de gelatinas por meio da hidrólise enzimática do colágeno de pele bovina, suína ou de peixes. “A hidrólise torna os fragmentos proteicos menores e é justamente isso que garante a absorção do produto pelo organismo (cerca de 90%), através do trato intestinal, chegando facilmente à corrente sanguínea”, conta a nutricionista.

Consultarei minha nutricionista e vejamos o que ela falará.

E já sabem. Que não nos reste gordura localizada. FUI…

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s